Endodontia

A Endodontia é uma área especifica da medicina dentária que aborda o tratamento de todas as patologia relacionadas com o órgão vital do dente - a polpa dentária ou “nervo” do dente. A polpa dentária é uma rede de canalículos vasculonervosos que preenche o interior da câmara pulpar e dos canais radiculares.

O tratamento da patologia associadas a este órgão envolve habitualmente a remoção de todas estas estruturas vascculonervosas, a desinfeção do espaço por elas ocupado e o seu posterior selamento. É este selamento que ou ser realizado de forma correta e hermética permite evitar futuras complicações permitindo assim manter a desempenhar a sua função mastigatória e estética.

As fases deste tratamento desenrolam-se em 3 procedimentos que poderão ser realizados na mesma sessão clínica, ou não, dependendo de diversos fatores clínicos como o grau e o nível de atividade da infeção, o grau de destruição do dente, etc.

Procedimento



- Abertura coronária
Fase em que se trepana a coroa do dente acedendo ao tecido pulpar no seu interior

- Preparação dos canais radiculares
Fase em que, recorrendo a solução desinfetantes com ação quelante e instrumentos específicos, se remove todo o tecido pulpar dos canais radiculares

- Obturação dos canais
Uma vez limpa e desinfetada toda a rede de canais radiculares, o espaço é preenchido com produtos que selam toda o espaço impedido a reentrada de bactérias para o seu interior.

Agende já a sua consulta

Para garantirmos uma resposta mais eficaz apelamos que agende a sua consulta através da nossa plataforma